Estilo de vida, Casas de férias e imobiliário

Qual o custo médio de vida na Flórida, onde muitos brasileiros decidem morar?

By:

Casa de quase 20 milhões de residentes, o Estado da Flórida é um dos lugares mais buscados por brasileiros por várias razões. Seu clima ameno, escolas excelentes e numerosas opções recreacionais seduzem um número crescente de brasileiros a cada ano. Se você já considerou a possibilidade de se mudar para a Flórida ou está em processo de fazê-lo, este artigo oferece passos sobre a mudança para o Estado do Sol.

Para começar pesquise completamente onde exatamente você quer viver na Flórida e faça uma estimativa de gastos. Além de necessidades básicas (escolas, aluguel, empregos, hospitais, etc..), você deve considerar pontos como TV/Internet, supermercado, celular, carro, seguro e afins.

A Flórida é um estado enorme e diversificado. Se você não uma ideia definida sobre uma cidade específica, então deve entender que existem cinco regiões distintas, e alguma pode ser mais atraente que outras por diferentes motivos. As regiões são: Florida Panhandle, conhecida por suas belas praias da Costa do Golfo. Norte da Flórida, conhecida pela sua atmosfera cultural e marcos históricos. Central Florida, casa da Disney World, SeaWorld e do Centro Espacial Kennedy. Além das principais atrações turísticas, existem dezenas de pequenas cidades pitorescas pontilhada com lagos na região vale a pena considerar. Já o sul da Flórida é a maior área metropolitana do estado e é o lar dos Everglades, Miami, West Palm Beach e Key West. E sobra Southwest Florida, conhecida por seus museus, artes e teatro, bem como suas belas praias.

Há muito mais para descobrir sobre este belo lugar com incríveis praias e beleza natural. Na Flórida, você encontrará pessoas de quase todos os lugares. Mesmo se você não tiver certeza de onde você quer acabar, há algum lugar na Flórida que é certo para você.

Por exemplo, o custo de vida em Fort Lauderdale, cidade da Florida, é cerca de 10% acima da média nacional. Por exemplo, o custo anual para um adulto solteiro e sem filhos é de US$ 31,000. Já para um casal casado com uma criança sobe para US$ 60,800. E o custo anual para um casal casado com quatro filhos: US$ 89.900. Em geral, o custo de vida em Fort Lauderdale é um pouco maior do que o custo médio de vida nos Estados Unidos. Dos 25 locais incluídos no conjunto de dados do Instituto de Política Econômica da Flórida, Fort Lauderdale é o primeiro mais caro. Em Fort Lauderdale, habitação é a categoria com o índice mais alto, enquanto a saúde é a categoria com o índice mais baixo.

Globalmente, o custo de vida em Miami é 8% maior do que o custo médio de vida nos Estados Unidos. Miami Beach tem um custo de vida que é inversamente inferior ao custo médio de vida nos Estados Unidos. Dos 25 locais incluídos no conjunto de dados do Instituto de Política Econômica da Flórida, Miami é o segundo mais caro. A habitação é a categoria com o índice mais alto, enquanto a puericultura é a categoria com o índice mais baixo.

Já o custo de vida em Orlando é apenas 2% mais baixo do que o custo de vida médio nos Estados Unidos. Por outro lado, a região de Orlando-Kissimmee-Sanford, tem um custo de vida que é 1% menor do que o custo médio de vida nos Estados Unidos. Dos 25 locais incluídos no conjunto de dados do Instituto de Política Econômica da Flórida, a grande Orlando fica no 11º posto mais caro. Em Orlando, a habitação é a categoria com o índice mais alto, enquanto os impostos é a categoria com o índice mais baixo.

Mudar para os EUA pode ser um processo emocionante e ao mesmo tempo trabalhoso. Os Estados Unidos são um dos países mais poderosos do mundo em termos de política, economia e comércio. O custo de vida em muitas cidades dentro do país é relativamente baixo e a maioria das pessoas que se baseiam lá encontrar que eles têm um padrão muito confortável de vida. Viver na Flórida como um expatriado com certeza é uma grande experiência de mudança de vida. 

Quer saber se você se qualifica para imigração?
Deixe um de nossos especialistas ajudá-lo.

Clique aqui
Tags:

mudar para a Flórida, viver em Miami, viver em Orlando, brasileiros na Flórida, custo de vida