Estilo de vida, Imobiliária

Os cinco erros que os aposentados cometem na compra de um imóvel nos EUA

By:

Atualmente, com a crise em que o país se encontra - corrupção, violência, falta de segurança, saúde pública fracassada - muitos brasileiros aposentados ou prestes a se aposentar, pensam em comprar um imóvel para morar nos EUA.
Algumas questões permeiam na hora de adquirir um bem imóvel quando se chega  uma certa idade e os filhos já possuem suas vidas estabilizadas e fora da casa de seus pais.

Reduzir o tamanho? Comprar uma segunda propriedade para que você possa utilizá-la para passeio ou para ter residência fixa? Ou manter a casa onde todas as memórias de sua família foram feitas? 

Embora não haja uma solução única para todos, há algumas armadilhas básicas a serem evitadas.
Muitos aposentados se esquecem de avaliar sua atual situação e não se preocupam em adquirir um imóvel que atenda às suas necessidades futuras. Conforme envelhecemos, a nossa capacidade física reduz. Portanto, é importante avaliar sua situação em intervalos regulares. 

Não espere até que você se aposente oficialmente para comprar ou vender uma propriedade. Claro, isso é um objetivo ambicioso, especialmente se você ainda está lutando para comprar sua primeira casa. Mas se você tem a possibilidade de fazer isso acontecer, terá mais chances de colher os frutos. Então, quando você estiver pronto para se aposentar, poderá vender sua casa e comprar o que quiser e onde quiser. Ou, se é o lugar certo, você pode se mudar para lá. Olha que maravilha!

Outro fator importante, é não cair na tentação de julgamentos rápidos. Frequentemente, os aposentados se apressam na hora de comprar um imóvel e não verificam desde impostos locais às atividades, transporte e opções de cuidados de saúde disponíveis.
A Flórida, por exemplo, é um dos estados que mais chama a atenção dos brasileiros. Entre os motivos de tamanha atração estão seu clima quente o ano inteiro, as inúmeras praias, as possibilidades de compras com preços imbatíveis e os muitos parques temáticos espalhados pelo estado. Mas, o fato é que o local possui grandes comunidades, vastas e diferentes. E ter tempo para analisar qual o local ideal para de adaptar é primordial. O que pode ser bom para um, não necessariamente será bom para você.

Usar fundos de aposentadoria para pagar sua hipoteca (financiamento imobiliário americano) também não é a situação ideal.  Acelerar esse processo em detrimento de sua aposentadoria não é o melhor caminho a percorrer. 
Por fim, se pensa em deixar seu imóvel como herança para seus filhos, poderá gerar uma conta de impostos desnecessária, de acordo com especialistas.

Isso não quer dizer que não o deva fazer. Mas certifique-se de consultar com um especialista em impostos que pode ajudá-lo no processo e chegar a uma solução que funcione melhor para você e sua família.
Não tente andar em torno das regras, faça as regras funcionarem para você!

Quer saber se você se qualifica para imigração?
Deixe um de nossos especialistas ajudá-lo.

Clique aqui
Tags:

Aposentadoria, morar nos EUA, imigração, investimentos, comprar casa