Investimento, O Dinheiro importa, Casas de férias e imobiliário

As cidades preferidas por investidores estrangeiros

By:

O mercado norte americano tem sido um dos mais procurados por estrangeiros inclusive brasileiros para investimento em imóveis. Quais são as cidades preferidas pelos investidores imobiliários?  Veremos quais são as principais cidades para investidores estrangeiros nos EUA.

De acordo com diversas pesquisas, e a revista Forbes, os EUA continuam sendo os maiores e mais poderosos entre os investidores globais. Os investidores estrangeiros investiram US $ 153 bilhões em imóveis residenciais nos Estados Unidos nos 12 meses até março de 2017, de acordo com a Associação Nacional de Corretores de Imóveis. É um aumento expressivo de 49% em relação ao ano de 2016. Ao todo, os investidores estrangeiros compraram quase 300 mil imóveis americanos, em torno de 10% de todos os imóveis vendidos disponíveis no mercado.

Mundialmente, estamos verificando essa tendência que vem sendo impulsionada por um aumento de riqueza per capita nos países estrangeiros. Como a economia da maioria desses países é instável, há muita especulação, inclusive de investidores dos EUA. O que nos leva a crer que alguns investidores estrangeiros estão ganhando muito, além de uma infinidade de outros fatores socioeconômicos por trás desses números recordes. Então porque não aproveitar a maré e investir nos Estados Unidos?

Se o investidor estrangeiro decidir investir em negócios além de imóveis, precisa inicialmente atender as exigências do visto EB-5, e devem fazer um investimento de capital em uma empresa americana com fins lucrativos. O montante de investimento necessário depende da localização e tipo de negócio que será aplicado. O valor exigido é de US $ 500.000 ou US $ 1 milhão, dependendo do projeto em que será investido. Se o investimento for direcionado para uma Área de Emprego Alvo (TEA), o valor mínimo é de US $ 500.000, se você investir em outro lugar, o investimento mínimo exigido é de US $ 1 milhão. Ao final de 2 anos o investidor do EB-5 deve provar que criou ao menos de 10 empregos em tempo integral nos EUA, ou seja, teve recursos e competência suficientes para fazer seu negócio prosperar e girar a economia local.

A mudança de leis e regulamentos em outros países também está incentivando os investidores estrangeiros a escolher os EUA para investir seu capital. Os antigos paraísos fiscais não estão tão atraentes para investimentos nos dia atuais.

De acordo com a Associação de Investidores Estrangeiros em Imóveis (AFIRE), os investidores consideram os EUA como a melhor opção para a segurança e valorização do investimento.

Muitos investidores estrangeiros se preocupam com a preservação de suas riquezas e vislumbram nos EUA e sua economia a possibilidade de prosperar em moeda forte. Isso para evitar uma economia em mudança, ou medo de novas regulamentações que possam limitar sua capacidade de investir no exterior ou tirar dinheiro do país no futuro. China e Venezuela são ótimos exemplos disso.

Mesmo que os preços dos imóveis nos EUA tenham se valorizado consideravelmente nos últimos anos, existem muitas oportunidades mais vantajosas em comparação com a maioria dos outros países. O mercado imobiliário dos Estados Unidos é bem mais acessível em comparação com o Reino Unido e ao Canadá, por exemplo. Os estrangeiros podem comprar mais com menos nos EUA.

Investidores excêntricos, fundos soberanos e fundos de pensão estrangeiros têm investido bastante em negócios e imóveis comerciais nos EUA. No entanto, o setor que mais cresce proporcionalmente parece ser o mercado de imóveis. São diversos os tipos de investimento, compra de imóveis para morar, aluguéis de casas de veraneio, empreendimentos em construção para investir em longo prazo. A NAR considera que a maioria dos investidores estrangeiros está gastando bem acima do preço médio do imóvel na região, e normalmente pagam em dinheiro. Entretanto, novos empréstimos estrangeiros estão sendo aceitos de acordo com fontes como a RentalHomeFinancing.com, o que poderia gerar mais volume de investimentos.

De acordo com a National Association of Realtors (NAR), os cinco principais países que investem nos EUA hoje em dia são:

  1. China
  2. Canadá
  3. Reino Unido
  4. México
  5. Índia

A China é responsável por cerca de 20% de todas as compras de investidores estrangeiros.

De acordo com o The Real Deal, os estrangeiros estão investindo nas cinco principais cidades pesquisadas em 2017 são:

  1. Miami, Flórida
  2. Los Angeles, Califórnia
  3. Bellingham, WA
  4. Kahulul, HI
  5. Nova York, NY

Os brasileiros estão em segundo lugar em pesquisa sobre Miami e em quinto lugar para Los Angeles, bem provavelmente por conta do clima mais agradável sem invernos tão rigorosos além da numerosa comunidade de brasileiros e latinos que estas duas cidades possuem.

Os brasileiros escolhem em sua maioria Miami e Orlando primeiramente, por conta do clima, das praias, das atrações locais além da possibilidade de viver em um local com todas as comodidades e atrativos de uma cidade grande. A proximidade da Disney world e seus parques temáticos combinado com a imensa comunidade local de brasileiros torna Miami e seus arredores muito atrativos para os novos imigrantes tupiniquins. Outro detalhe não menos importante é a grande oferta de imóveis a preços sedutores, além da qualidade e condições de pagamento e financiamento que estão cada vez mais favoráveis aos investidores brasileiros.

Los Angeles por outro lado, também exerce atração nos brasileiros com suas belas praias, atrações locais como a agitada Hollywood e seus encantos, Beverly Hills e suas mansões de famosos, além de seus belos restaurantes e bares e uma vida noturna agitada e sedutora. Los Angeles é a segunda cidade mais populosa dos Estados Unidos, talvez por esse motivo seja a segunda cidade mais procurada pelos brasileiros que preferem a agitação moderada de Miami. Outro motivo seriam as taxas mais baixas para a compra de imóveis que a Flórida possui o que tem atraído não somente os brasileiros como também os próprios americanos de outros estados que procuram impostos menores.

Estas tendências imobiliárias causam diversos padrões variáveis na economia e alimentam diferentes ciclos. Por exemplo. Os investidores brasileiros que obtiverem mais lucro nos EUA e levarem esse dinheiro de volta podem melhorar a vida de quem está no Brasil. Por sua vez, isso produz mais investidores com o dinheiro e a habilidade de investir nos Estados Unidos. A injeção de dinheiro nas cidades dos EUA pode elevar os preços dos imóveis e prejudicar o poder econômico dos trabalhadores locais e famílias. Por outro lado, esse fato permite aos proprietários de imóveis nos EUA a oportunidade de fazer dinheiro e lucrar com a valorização do patrimônio. Economicamente falando, também se observa que uma regulamentação mais rigorosa do Estado e mudanças nas políticas de imigração e comércio também pode ter um impacto sobre essa estatística nos próximos anos. Portanto os brasileiros precisam aproveitar a oportunidade e investir em imóveis enquanto durar essa maré de vantagens.

 

Interessado em investir?
Clique aqui e torne seu sonho realidade!

Clique aqui
Tags:

investimento, imóveis, imóveis nos EUA, vacation homes, imóveis em Miami, imóveis em Orlando, casas em Orlando